E-mail: argemiro@trinacional.com

Av. Salustiano Marty, 471
Barra do Quaraí-RS
CEP 97538-000

Palavras-chave: Desenho, Pintura, Patrimônio Cultural Imaterial, Tradição

Um diálogo entre História e Arte – A ONG Atelier Saladero idealizou o projeto “Desenhando e Pintando a Fronteira”, para expressar, através do desenho e da pintura, a identidade do povo gaúcho fronteiriço que acontece no encontro de três países (Brasil, Uruguai, Argentina). Essa união de três povos passa pelos índios charruas, pelos caudilhos farroupilhas, pelos soldados do império, pelos escravos, pelos estancieiros, pelos saladeros, num pedaço de chão onde se agitavam brasileiros, uruguaios e argentinos, irmanados uma vezes e outras não. Por isso, queremos desenhar esse passado para contar nossa história. No município de Barra do Quaraí encontram-se lugares com enorme significação histórica. Quase nada se escreveu sobre eles. Em razão dessa pouca literatura, os moradores vem repassando, de geração em geração, uma série de lendas, de “causos” e curiosidades que formam uma tradição oral bastante rica sobre a vida do homem fronteiriço. Com base nessa tradição oral, a ONG Atelier Saladero pretende criar um espaço onde o jovem tenha a oportunidade de representar, expressar e recriar artisticamente o mundo em que vive. O projeto idealizado pela ONG Atelier Saladero tem a intenção de trabalhar o desenho e a pintura como uma forma de conhecimento da realidade local e regional. Nas atividades de regaste histórico desenvolvidas pela entidade, percebeu-se o grande interesse dos alunos em desenhar e pintar os personagens, as histórias e as lendas que ouviam sobre as origens de sua comunidade.